Produtores de ‘Democracia em vertigem’ e mais brasileiros entram para Academia de Hollywood | Oscar

Produtores de ‘Democracia em vertigem’ e mais brasileiros entram para Academia de Hollywood | Oscar


A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood divulgou nesta terça-feira (30) os novos membros da entidade que organiza o Oscar. A lista tem 819 votantes de 68 nacionalidades, em uma tentativa de aumentar a diversidade.

A lista inclui Mariana Oliva e Tiago Pavan, produtores do documentário “Democracia em vertigem”, que foi indicado em 2020. A diretora do filme, Petra Costa, já faz parte da Academia desde 2018.

Também estão entre os brasileiros o animador Otto Guerra (“Wood & Stock: Sexo, Orégano e Rock’n’Roll”), a montadora Cristina Amaral (“Um Filme de Verão” “Person”) e os documentaristas Julia Bacha (“Naila and the Uprising” e “Budrus”) e Vincent Carelli (“Martírio” e “Corumbiara”).

Cineasta gaúcho Otto Guerra finge que tropeça no tapete vermelho de Gramado em 2017 — Foto: Diego Vara/ Pressphoto

Julia Bacha nasceu no Rio, mas atua principalmente nos EUA. Já Vincent Carelli nasceu em Paris, mas foi criado no Brasil e faz filmes ligados aos povos indígenas.

A Academia de Hollywood destacou a diversidade ao divulgar os novos membros. Há alguns anos a entidade tenta reponder às críticas sobre a falta de representatividade entre os membros, indicados e vencedores, como na campanha #OscarsSoWhite.

Toda a equipe principal do filme sul-coreano “Parasita”, grande vencedor de 2020, a atriz de origem chinesa Awkwafina e a atriz de origem nigeriana Cynthia Erivo, por exemplo, estão entre os novos membros.

Elenco e equipe de ‘Parasita’ no palco para receber estatueta de melhor filme no Oscar 2020 — Foto: Mario Anzuoni/Reuters

Segundo a academia, entre os 819 novos votantes, 45% são mulheres, 36% são de “comunidades étnicas que eram pouco representadas” e 49% são de outros países além dos EUA.

A entrada eleva a porcentagem total de membros a 33% de mulheres, 19% de “entidades étnicas que eram pouco representadas” e 20% de não-americanos. A entidade conta com mais de 10 mil votantes.



Fonte

Deixe uma resposta